Tuesday, March 17, 2009

SOU O POETA


Sou o poeta que bebe café na confeitaria
sou o poeta que vai ter contigo ao "Piolho"
sou o poeta que não consegue dormir
sou o poeta que acorda, sobressaltado, de madrugada
sou o poeta que puxa a corda
sou o poeta que vai ao fundo
sou o poeta que maldiz o mundo
sou o poeta que tu escolheste
sou o poeta que se desfaz e se refaz
sou o poeta que diz em voz alta
sou o poeta que fala com a malta
sou o poeta que fica calado
sou o poeta que o Rocha mandou para o caralho
sou o poeta que sente calor
sou o poeta que te dá o amor
sou o poeta que grama a festa
sou o poeta que bebe cerveja
sou o poeta que anda pela noite
sou o poeta que dança na discoteca
sou o poeta que é do contra
sou o poeta que não está na montra
sou o poeta que vai até ao fim
sou o poeta que diz sim
sou o poeta que poderia ser rei
sou o poeta fora da lei
sou o poeta que se excita
eu sou o poeta que grita!

2 comments:

Claudia Sousa Dias said...

e acabas por ser o meu poeta contemporâneo preferido...


csd

apedroribeiro said...

ah, estou honrado.