Thursday, January 14, 2010

A LIBERDADE E O AMOR

A LIBERDADE E O AMOR

Não tenho jeito para ser merceeiro ou comerciante
não tenho aquele feitio de me agarrar aos trocos
e de ser simpático para toda a gente
de tirar partido
das mais pequenas vantagens
e depois este mundo do dinheiro
e da compra e venda
nada me diz
se fosse tasqueiro
começava a oferecer cervejas
ou bebi-as eu
não sei lidar com o dinheiro
ponto final
quando tenho algum
gasto-o em dois tempos
só estou interessado na liberdade e no amor
como eu há poucos
houve poucos
andamos por aí a espalhar a mensagem
mas ninguém nos ouve
ou quase ninguém
ou então só se apercebem dela
quando estamos mortos
ou muito velhos
ou gravemente doentes
só estou interessado na liberdade e no amor
não sou mais do que outros
por causa disso
mas o que é facto é que sou diferente
acredito que os homens, alguns homens,
se podem tornar deuses ou super-homens
a partir do momento em que se apercebem
de que o espírito é tudo
e que o espírito está em nós
esta é a grande verdade
esta é a Verdade
acrediteis ou não
é verdade que podemos pôr tudo em causa
Deus, o espírito, a Criação
e temos de passar pela fase do leão
em que combatemos tudo
e dizemos "eu quero!"
E dizemos merda para Deus,
para o espírito e para a Criação!
Mas depois voltamos à infãncia
e à criança, desta vez sábia,
e apercebemo-nos que para lá do caos
ou para cá
existe o espírito dentro de nós
e aí somos nós os deuses
somos nós os deuses
não me canso de repetir
e não há apenas a verdade de cada um
a verdade relativa
existe a Verdade
e o espírito está dentro de nós
e Deus está dentro de nós
e o espírito somos nós.

"Padeirinha", 24.6.2009

2 comments:

João Pereira said...

num país que elege salazar para maior portugues de sempre, em que todos se regem pelo "tu deves", iludidos com a ficção que é o dinheiro, o trabalho e sabe-se mais o quê... achas que alguem ouve "doidos" como tu? olham para o horizonte e esquecem-se que é uma ilusão dos seus olhos corrompidos pelos valores...
valores, valores, valores...

apedroribeiro said...

não deixa de ser verdade, caro amigo. Mas às vezes até ouvem porque têm de me enfrentar.